Selênio: aliado ou vilão? Descubra!

Muito ouve-se falar sobre o selênio. Portanto, tenho certeza de que você já ouviu muito sobre ele. Ainda mais se você tiver algum problema de tireoide. Médicos teorizam e prescrevem o selênio o tempo todo.

Ouvimos tanto sobre ele que nos fica uma dúvida: será que ele é tão eficiente assim? Ele é 100% amigo da nossa saúde? E para a tireoide? Sendo assim, será que faço o uso correto do selênio?

Sendo assim, que o seu consumo é algo vital para a saúde e bem-estar corporal é inegável. Muito disso se dá por conta da forte ação do selênio em diversos sistemas, órgãos e funções corporais. Porém, nosso corpo precisa de uma ingestão diária do selênio para funcionar bem. E que precisa ser muito bem dosada

Desta forma, podemos ter ter problemas que variam entre dores musculares até alterações no pâncreas e o desenvolvimento de certos tipos de câncer. Isso se houver uma deficiência de selênio.

Mas afinal, para que serve o selênio?

O selênio é um mineral presente na água e em vários alimentos. Sendo assim, auxilia em diversas funções que conservam a vida.

No corpo humano, o selênio está presente na forma dos aminoácidos selenocisteína e selenometionina. Eles são gerados a partir de reações químicas que ocorrem quando o selênio é ingerido pelo organismo.

Depois, os aminoácidos viram proteínas, que juntos desempenham uma série de papéis vitais para o bom funcionamento do corpo. Ou seja, são esses aminoácidos obtidos a partir do selênio que atuam na promoção e melhora da saúde.

Ingestão

O mineral precisa ser ingerido diariamente, mas como o cuidado para evitar tanto o excesso quanto a carência. Pois como a maioria dos nutrientes existentes, o selênio pode causar problemas para o organismo em ambos os casos.

Ademais, ele também se encontra presente em uma importante enzima antioxidante chamada glutationa peroxidase. Essa enzima é vital para o corpo, pois atua diretamente no controle de processos que envolvem estresse orgânico. Ademais, ela atua ainda impedindo a formação excessiva de radicais livres no corpo.

O selênio também tem uma função muito importante para a tireóide: converter o hormônio T4 para sua forma mais ativa, o hormônio T3. O hormônio T4 atua em praticamente todo o corpo, desde o sistema nervoso, passando pelo coração, intestino, peso e humor. 

Ademais, outra função do selênio é a de atuar na prevenção de diferentes tipos de câncer. Uma função desempenhada especialmente por sua ação antioxidante que protege as células de DNA do corpo.

A glutationa que tem sua produção aumentada com a ingestão correta de selênio possui uma função importante para o sistema cardiovascular. Que é capaz de agir de modo preventivo para várias doenças e problemas do coração, como infarto e AVC.

O selênio também possui a função de prevenir o surgimento e avanço de doenças neurodegenerativas. Além disso, possui funções importantes para o bom funcionamento e fortalecimento do sistema imune e nos regimes de emagrecimento.

E mais!

Ademais, o selênio serve como um antioxidante poderoso no organismo. Sendo assim, é capaz de prevenir doenças como Alzheimer, Parkinson e esclerose múltipla. A ação antioxidante deste mineral ainda serve para prevenir o envelhecimento precoce, doenças cardiovasculares e certos tipos de câncer.

O mineral também serve para fortalecer e melhorar o funcionamento do sistema imunológico do organismo. Em especial, atua na prevenção e combate de infecções virais (inclusive, está sendo estudado como agente no combate ao novo coronavírus).

Principais vantagens do selênio

Conhecer os benefícios e vantagens que o selênio traz para o organismo, saúde e bem-estar é algo importante. Especialmente para quem está considerando tomar um suplemento deste mineral.

Pois ao saber tudo o que ele traz de bom para o seu corpo, a decisão de adotar uma dosagem adequada deste nutriente diariamente fica mais fácil.

Portanto, vamos conhecer os principais benefícios que a ingestão adequada de selênio traz:

– Poderosa ação antioxidante

– Previne o envelhecimento precoce e regula a presença de radicais livres no corpo

– Protege o sistema nervoso e previne doenças neurodegenerativas, como Parkinson, Alzheimer e esclerose múltipla

– Previne doenças cardiovasculares como infarto, AVC e trombose

– Reduz a oxidação do colesterol ruim nos vasos sanguíneos

– Fortalece o funcionamento do sistema imunológico, ajudando a combater especialmente infecções virais

– Regula e melhora o funcionamento da glândula tireóide

– Auxilia nos regimes para emagrecimento e perda de peso

– Ajuda a prevenir alguns tipos de câncer

Onde encontro o selênio?

Natural ingredients or products as source selenium, vitamins, minerals and dietary fiber, concept of healthy nutrition

O selênio pode ser ricamente encontrado em diversos alimentos como:

– Ovos orgânicos;

– Farinha de trigo e derivados como pão francês;

– Castanha do Pará;

– Feijão;

– Alho;

– Repolho;

– Leite em pó;

– Arroz;

– Sementes de girassol;

– Peixes como atum e bacalhau;

– Aveia;

– Carnes bovinas e de aves.

No entanto, é muito difícil consumir a quantidade diária certa de selênio somente em alimentos. Sendo assim, o uso de suplementos alimentares é recomendado na maioria dos casos para pessoas que querem mais saúde e bem-estar.

Suplementando selênio

Inicialmente, antes de suplementar selênio, precisamos conhecer sua bula e composição. Em geral, os suplementos de selênio são produzidos em cápsulas ou comprimidos. Normalmente apenas o selênio está presente como único nutriente do suplemento.

Porém, em alguns casos, ele pode vir acompanhado de outros compostos para o enriquecimento nutricional. Portanto, traz maior ganho de benefícios e vantagens para a saúde e bem-estar corporal.

Como suplementar da forma certa?

Não existe qualquer mistério em tomar corretamente um suplemento de selênio. Afinal, como a maioria dos suplementos do mineral presentes no mercado vem em cápsulas ou comprimidos, ingerir o suplemento é prático.

Inicialmente, você vai seguir a indicação que o fabricante dá para o suplemento que escolheu. Normalmente, o consumo indicado é de apenas uma cápsula ou comprimido uma vez ao dia. Preferencialmente depois de uma refeição, como o almoço ou o jantar.

No entanto, algumas pessoas precisam de orientação de um médico ou nutricionista para que possam tomar o suplemento com segurança. Para essas pessoas, é fundamental seguir a orientação do profissional.

Assim, você garante os melhores resultados para a sua saúde e bem-estar.

Efeitos colaterais e contraindicações

Se tomados corretamente, os suplementos de selênio não têm registros de efeitos colaterais. No entanto, se o suplemento for ingerido de forma incorreta, causando excesso do mineral no organismo, pode causar algumas reações ruins. Elas se manifestam sob a forma de certos sintomas que causam desconforto mal-estar em geral, como por exemplo:

– Dores de cabeça;

– Fraqueza muscular;

– Fadiga;

– Irritação;

– Dores articulares;

– Fraqueza nos cabelos e unhas;

– Unhas quebradiças e sem brio;

– Queda de cabelos.

Em relação a contraindicações, elas praticamente não existem. Porém, alguns grupos precisam de estrita orientação e recomendação de um médico ou nutricionista antes de tomar o suplemento de selênio.

Esses grupos são os idosos, gestantes e lactantes, crianças e portadores de quaisquer enfermidades. Portanto, essas pessoas só podem tomar suplemento com a orientação profissional devida.

Respeitados esses dois pontos, tomar suplementos de selênio só farão bem para sua saúde e bem-estar corporal.

Em resumo…

O selênio é um forte aliado da nossa saúde. Além de estar presente em diversos alimentos, ele ainda é um dos melhores amigos da tireoide. Afinal, é um poderoso conversor do hormônio T4 em T3, sua forma mais forte. 

Suplementar selênio é necessário em alguns casos, porém, em outros, é preciso estar atento. Sendo assim, excesso de selênio pode causar incômodos como fraqueza, irritação e dores de cabeça. 

Portanto, antes de suplementar selênio esteja sempre atento à como está a sua saúde. Sendo assim, o ideal é sempre checar com seu médico que a dose de selênio presente no seu organismo é suficiente antes de tomar qualquer decisão.

Ficou com dúvidas? Procure seu médico sempre! Não brinque com a sua saúde.