Os 5 Estágios de Hashimoto
  • Post author:
  • Post category:Tireoide

Você sabia que Hashimoto tem 5 níveis?

A tireóide de Hashimoto é uma doença autoimune em que o organismo desenvolve anticorpos contra si mesmo na região da tireóide, causada por uma falha do sistema imunológico. Esses anticorpos provocam a destruição ou piora do funcionamento da glândula, causando, por uma série de fatores, sintomas como: intolerância ao frio, cansaço excessivo, depressão, prisão de ventre e outros.  

A tireoidite de hashimoto é a causa mais comum de hipotireoidismo, onde além dos sintomas acima, o paciente também apresenta dificuldade de perder peso por causa do metabolismo que fica mais lento.

Mas nem sempre esse distúrbio se faz óbvio, pois seus sintomas mais aparentes se mostram mais a partir do estágio 3 e a maioria dos pacientes possuem um funcionamento normal da tireóide no início da patologia.

1 – A pessoa tem predisposição genética para desenvolver Hashimoto, mas a função da tireóide permanece normal sem sem manifestação.

2 – O indivíduo pode testar positivo para anticorpos da tireóide e ter alterações consistentes em ultrassom, mas pode ter níveis de TSH normais. (investigar mais sobre)

3 – A glândula tireóide começa a perder sua habilidade para produzir hormônios da tireoide suficientes para o corpo e a pessoa pode ter o TSH levemente elevado com T4/T3. Sintomas começam a ser mais visíveis.

4 – A glândula tireóide perde totalmente sua habilidade e a pessoa vai ter níveis de TSH elevados e T4/T3 diminuídos. É nesse estágio onde sintomas de Hashimoto e hipotireoidismo são mais evidentes e diagnosticados.

5 – Há progressão de respostas do sistema autoimune, e outros tipos de condições autoimunes podem ser desenvolvidas.


A tireoidite de Hashimoto é mais predominante nas mulheres, principalmente as com histórico familiar e de idade mais avançada. Alguns pacientes com tireoidite de Hashimoto apresentam outros distúrbios endócrinos, como diabetes, anemia perniciosa, artrite reumatoide, síndrome de Sjögren ou lupus. Além disso

Banner Convite Curso A Chave Mestra da Saúde

O quadro clínico é mais frequente em pessoas com anomalias cromossômicas como: síndrome de Down, a síndrome de Turner e a síndrome de Klinefelter.

O gatilho do sistema autoimune normalmente ocorre anos antes de a condição ser diagnosticada, por isso é bom estar sempre atento(a) e manter os exames em dia também. O diagnóstico pode ser obtido a partir de exames físicos e de sangue.

Mas é importante, acima de tudo, que você mantenha o máximo possível um estilo de vida saudável. Pois, além de ficar mais fácil de identificar qualquer funcionamento anormal do corpo, você minimiza os danos causados por qualquer problema de saúde, identificado como Hashimoto ou não.

Continue ligado(a) aqui no blog e no meu instagram @doutortireoide para mais informações sobre a tireoide e dicas que melhoram a saúde, principalmente de quem tem alguma disfunção de tireóide e dicas específicas sobre Hashimoto.