Metabolismo e a tireóide
  • Post author:
  • Post category:Tireoide

A tireóide gerencia diversos processo no nosso corpo, como criação de proteínas, controle dos níveis de energia e metabolismo.
Como o metabolismo costuma estar envolvido também a processos de manutenção e reconstrução de massa muscular, quando há disfunção da tireóide, o processo de ganho ou perda de peso corporal também é comprometido.

E é claro, isso não compromete apenas a aparência.

Quando a glândula produz hormônios tireoidianos em excesso (hipertireoidismo), o metabolismo acelera. Ou seja, alguns processos como a produção de energia, são acelerados também.

E quem dera que a única implicação disso fosse que as pessoas tivessem facilidade para perder peso…

Mas sintomas como insônia, ansiedade, sudorese, nervosismo são comuns em quem tem hipertireoidismo e também pode-se acarretar em outros problemas mais graves como doenças no coração (arritmia cardíaca, por exemplo) e ossos (como osteoporose), se não for dada a devida atenção ao longo do tempo.

Agora, quando o caso é o contrário e a tireóide produz poucos hormônios para regular o metabolismo, ele diminui. Ou seja, há um decréscimo na produção de energia e de reconstrução de tecidos, por exemplo e entre outras coisas. Por isso é comum que pessoas que têm hipotireoidismo estejam frequentemente cansadas e que tenham ressecamento de pele, unhas e cabelo.

Geralmente o hipotireoidismo é precedido da deficiência de iodo, que é o principal ingrediente dos dois hormônios essenciais da tireoide: T3 e T4. Por esse motivo se recomenda a reposição controlada de iodo, através de uma dieta adequada e/ou de suplementação natural de alta qualidade.

Exemplos de alimentos ricos em iodo:
Algas marinhas;
Peixes e óleos de peixe;
Leite e derivados;

Banner Convite Curso A Chave Mestra da Saúde

Ovos;

Morangos.

Já que o corpo humano é um mecanismo muito complexo, onde tudo se relaciona direta ou indiretamente, você pode acabar descobrindo que tem problemas na tireoide por um sintoma consequente de alguma anormalidade da tireoide.

Então o ideal é que sempre se esteja com exames em dia e que se consulte um médico caso tenha suspeitas de alguma coisa muito fora do comum que esteja sentindo em seu corpo.


É claro que não precisa criar qualquer espécie de neurose, mas um mínimo de cuidado é sempre bom. Na dúvida, consulte e não inicie qualquer tratamento por conta própria.

Gostou do artigo? Acha que foi útil?
Me diga o que achou lá no instagram @doutortireoide ou me mande uma mensagem com alguma dúvida! Responderei à medida do possível!