Gorduras saturadas são boas ou ruins?
  • Post author:
  • Post category:Tireoide

As gorduras saturadas são tidas como uma das maiores vilãs na alimentação pelas pessoas. Mas, será que é tudo isso de ruim mesmo?

Neste artigo vou te mostrar tudo o que ela tem de ruim (mas também vou te mostrar o que ela tem de bom). Vamos lá!

Alimentos ricos em gordura saturada incluem as carnes gordas, produtos lácteos como o queijo e a manteiga (que também pode ser vegetal) óleos vegetais (oliva, girassol, canola, coco) chocolates, entre outras fontes.

O que é gordura saturada?

Acusada, principalmente, de aumentar o colesterol, causar doenças do coração e outros problemas gerados pela obesidade, tem sido super evitada por muita gente que busca por emagrecimento.

Mas ela é um nutriente e existe com um propósito na natureza. Aliás, um macro nutriente, assim como os carboidratos e proteínas. Então, devemos cortá-la completamente da nossa dieta?

Apesar da má fama, a gordura saturada tem suas funções também. Ela aumenta um pouquinho a fração do colesterol HDL (colesterol bom), que passa pelos vasos realizando uma limpeza na área. Além disso, contribui na produção de hormônios e no transporte de vitaminas lipossolúveis, como A, D, E e K.

Você sabia que 50% das calorias do leite materno provém de gordura e que boa parte dela é saturada? Inclusive o leite materno contém uma proporção de colesterol mais alta que praticamente qualquer outro alimento. Porém, tanto o colesterol quanto a gordura saturada são essenciais para o crescimento de nenês e crianças, principalmente para o desenvolvimento do cérebro!

Há inclusive diversas pesquisas internacionais que teorizam sobre a absolvição da gordura saturada em relação à causa de doenças cardíacas. Nelas foram avaliados povos que levavam uma dieta com manteigas, leite integral e gordura animal.

Uma das pesquisas relaciona o uso de medicamentos contra o colesterol com a causa mortes por doenças não cardíacas, como derrames, câncer, violência e suicídio.


Benefícios das gorduras saturadas

As tão difamadas gorduras saturadas (que as pessoas tanto evitam) não são a causa das doenças modernas. Na realidade, elas desempenham importantes papéis na química do nosso corpo:

  • Os ácidos saturados constituem pelo menos 50% das membranas das células. Eles dão às nossas células a necessária firmeza e integridade.
  • Desempenham um papel vital na saúde dos nossos ossos, Para que o cálcio seja incorporado à estrutura óssea com eficácia, pelo menos 50% das gorduras oriundas da dieta alimentar precisam ser saturadas.
  • Elas diminuem a Lp(a), uma substância do sangue que indica tendência a doenças cardíacas. Eles protegem o fígado contra o álcool e outras toxinas, como o Tylenol.
  • Fortalecem o sistema imunológico.
  • São necessárias para utilização adequada dos ácidos graxos essenciais. Os ácidos graxos ômega-3 alongados são melhor retidos nos tecidos quando a dieta alimentar é rica em gorduras saturadas.
  • O ácido saturado esteárico de 18 carbonos e o ácido palmítico de 16 carbonos são os nutrientes preferidos do nosso coração – é por isso que a gordura em redor do músculo cardíaco é altamente saturada. O coração recorre a essa reserva de gordura em tempos de estresse.
  • Ácidos graxos saturados com cadeias curtas e médias têm importantes propriedades antimicrobianas. Eles nos protegem contra microrganismos prejudiciais do trato digestivo.

As provas científicas, avaliadas de forma honesta, não suportam a alegação de que gorduras saturadas são “entupidoras de artérias” e causam doenças cardíacas. Na realidade, a maioria das gorduras que se alojam prejudicialmente no coração, são insaturadas (das quais mais da metade são poliinsaturadas).


Ué, mas agora estou confusa(o)! Gorduras saturadas são boas?

Calma! Na quantidade certa, sim, mas o problema é que há esse burburinho em cima dela porque o brasileiro consome comidas gordas em geral em grandes quantidades. Então há sim necessidade de diminuir, pois o limite é extrapolado com muita frequência.

Carboidratos demais causam problemas de saúde. Proteína demais também faz mal. Até mesmo algumas vitaminas em excesso também fazem! O problema está nos excessos.

Então boa parte de problemas de saúde são causados não apenas pelo excesso de gordura necessariamente, mas por outros excessos (como açúcar, fumo) e pela falta de outros hábitos alimentares e físicos, assim desequilibrando a balança da nossa saúde.

Hoje, infelizmente, há uma alimentação muito menos orgânica do que há anos atrás e o sedentarismo também se tornou um problema grave na sociedade.

No entanto, é importante sabermos que o limite para gorduras, especialmente as saturadas, é menor. O ideal é que a ingestão desse subtipo gorduroso não supere 10% das calorias ingeridas no dia. Para quem tem algum fator de risco cardíaco, o valor cai para 7%.

Faça as contas

Considerando uma dieta de 2 mil calorias, o consumo diário de gordura saturada deve ser de, no máximo, 22 gramas.Trouxe para você uma listinha da concentração desse nutriente em alguns itens da dieta. Note que o limite pode ser batido rapidinho:

Maminha grelhada (2 pedaços pequenos) – 19,4 g 

Óleo de coco (1 colher de sopa) – 8,5 g 

Banner Convite Curso A Chave Mestra da Saúde

Queijo mussarela (2 fatias) – 5,6 g 

Chocolate ao leite (um quadradinho de 30 gramas) – 5,2 g 

Contrafilé grelhado sem gordura (1 filé) – 4,3 g 

Óleo de palma (1 colher de sopa) – 4,3 g 

Requeijão (1 colher de sopa) – 4,1 g 

Leite integral (1 copo) – 3,3 g 

Sobrecoxa de frango assada sem pele (1 unidade) – 3,3 g 

Iogurte natural (1 pote de 170 g) – 3 g 

Ovo de galinha cozido (2 unidades) – 2,9 g 

Ricota (2 fatias) – 2,2 g 

O segredo para ter um emagrecimento saudável e evitar problemas de saúde é conhecer bem o que se come, comer o mais natural possível, praticar exercícios, combater o sedentarismo praticando alguma atividade física com frequência e  evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, frituras, doces e outras comidas calóricas.

Bom… Como sempre, espero ter desmistificado mais uma questão da saúde para você. Ficarei muito contente se quiser me dizer o quanto gostou desse artigo, lá no meu instagram @doutortireoide .