Dieta da tireoide: quais os melhores alimentos para a saúde?

Você já ouviu falar em dieta da tireoide?

Não tem nada a ver com emagrecimento ou perda de gorduras. A glândula da tireoide é vital para o equilíbrio do organismo. Portanto, preservar as suas funções é de extrema importância.

Quando você adere a um estilo alimentar que promove a saúde tireoidiana, mantém bem longe do seu organismo problemas como hiper e hipotireoidismo.

Para quem já está com o diagnóstico dessas ou de outras doenças da tireoide, a alimentação pode ajudar a recuperar o bem-estar e controlar os sintomas.

Quer saber quais os melhores alimentos para a sua tireoide? Continue até o final deste artigo.

Quanto menos glúten, melhor

O glúten tem o potencial de destruir a saúde da tireoide. Além daqueles que já contam com alergias e intolerâncias e não podem consumir, o glúten provoca a sensibilidade da glândula tireoide em muitas pessoas.

A molécula do glúten, gliadina, tem potencial para romper as barreiras de proteção do intestino. Assim, consegue entrar direto na corrente sanguínea e gera a produção de anticorpos.

Esses anticorpos podem fazer que o próprio organismo ataque a glândula tireoide, originando doenças autoimunes como a tireoidite, a Doença de Hashimoto, a disbiose intestinal e a síndrome do intestino permeável.

Tais condições são fortemente ligadas às alterações fisiológicas e, consequentemente, tireoidianas. Não estou dizendo para eliminar radicalmente o glúten, mas sim, que o seu consumo pode ter esse tipo de consequência.

Substitua sempre que possível a farinha de trigo branca por quinoa, grão de bico, massas de arroz ou farinha de amêndoas. Esses substitutos são mais leves e nutritivos.

Prefira os orgânicos

A intoxicação por meio dos agrotóxicos que consumimos também é péssima para a saúde da tireoide. Consumir frutas e legumes da estação oriundos dos produtores locais, frescos e preferencialmente orgânicos, ajuda seu organismo a equilibrar as funções tireoidianas.

Leia também: Existe um melhor exame de tireoide?

Probióticos podem ajudar

A saúde da sua tireoide está bastante ligada à saúde do intestino. Quanto mais povoada pelas bactérias de boa qualidade estiver a flora intestinal, melhor para a sua saúde!

Como sabemos, intestino e tireoide estão bastante ligados. Quando o intestino vai mal, desequilibra a função tireoidiana e vice-versa.

Por isso, invista em bebidas fermentadas. Kefir, kombucha e iogurte desnatado são algumas das opções.

Alimentos ricos em minerais

Os minerais são essenciais para a saúde da tireoide. Tanto em casos de hipertireoidismo como em casos de hipotireoidismo, o ideal é que você mantenha em dia seus níveis de:

  • Iodo – encontrado em todas as algas marinhas, nos peixes marinhos, no camarao e nos ovos;
  • Zinco – encontrado em ostras, carnes, feijão, amendoim e sementes de abóbora;
  • Selênio – presente nos ovos e na castanha do pará;
  • Ferro – encontrado em lentilhas, ovos e peixes.

Todos esses alimentos contribuem para a formação e atuação dos hormônios da tireoide no organismo. Eu espero que este artigo ajude você a compreender mais sobre a dieta da tireoide.

No entanto, preciso alertar que cada paciente deve ser avaliado de forma individual em consulta médica. Minha sugestão é que você, preocupado com sua tireoide, modere desde já a sua alimentação.

Se você gostou deste artigo e deseja saber mais sobre o que é hiper e hipotireoidismo, convido você a baixar meu livro digital de forma 100% gratuita.

Eu acredito no poder da informação para a sua qualidade de vida.

Baixe grátis: O que é hiper e hipotireoidismo.

Espero que meus materiais te ajudem a viver com mais saúde.

Até a próxima!

Dr. Eudes Taralo

Fascinado por ciência e pela compreensão do ser humano sob uma perspectiva integrada e global, o Doutor Eudes Tarallo nunca se conformou plenamente com a grande maioria das respostas oferecidas pela medicina ocidental comum.

Tudo que você precisa saber sobre hipo & hiper tireoidismo